Emagrecer depois da gravidez

Compartilha:

Um das prioridades das mulheres depois do parto é retomar ao peso que tinha antes da gravidez.

Mas vai pensando que é fácil…

Além da rotina ficar toda bagunçada, a amamentação exige um determinado número de calorias e as refeições, muitas vezes ficam nos horários mais tranquilos e nem sempre são refeições saudáveis.

Apesar desses desafios, é possível sim manter uma dieta saudável e com exercícios para emagrecer depois da gestação.

Emagrecer logo depois do parto

Uma das primeiras coisas que muitas mulheres notam depois do parto são os inchaços, esses são causados por diversos fatores, desde as anestesias até hormonais.

Nessa fase, tomar muita água e fazer caminhas é o primeiro passo.

As frutas e verduras são um boa sugestão de dieta, já que o aumento no consumo de fibras vai ajudar inclusive no funcionamento do seu intestino.

Como Emagrecer depois que o filho nasce

Os três primeiros meses são uma loucura, pouco sono, choros do bebê sem você entender o motivo e esse é um dos fatores que levam as mulheres a não se alimentar corretamente.

Ter em casa bolachas, salgadinhos e doces pode parecer tentador, principalmente o chocolate, que parece (e tem) um efeito incrível sobre o humor das mulheres.

Mas essas calorias desnecessárias cobram seu preço, pois além de não serem nutritivos, possuem muito açúcar, o que certamente não vai te ajudar na perda de peso.

Perda de peso depois da gravidez

A recomendação padrão para quem quer entrar em forma depois da gestação é quase sempre a mesma:

Dieta balanceada e Exercícios

Eventualmente você precisará realizar algum exame de sangue ou exame físico para garantir a sua saúde, mas na maioria dos casos, isso já é o suficiente para aos poucos perder peso.

Uma das opções de dieta que se popularizaram são as dietas DETOX, baseadas em bebidas a base de frutas e vegetais, que ajudam a eliminar peso.

Receita de suco detox

Suco de Couve com Gengibre

Ingredientes:

  • 3 folhas de couve bem lavadas;
  • 2 laranjas descascadas;
  • 1 pedaço de gengibre;
  • 1 litro de água;

Modo de Preparar:

Corte as laranjas em pedaços e retire as sementes, em seguida coloque as laranjas no liquidificador junto com as couves lavadas, adicione o pedaço de gengibre o 1 litro de água e bata tudo. Feito isso, coe e sirva bem gelado.

Suco detox de Beterraba, Cenoura e Maçã.

Ingredientes:

  • 1 cenoura com casca;
  • 1 beterraba sem casca;
  • 1 maçã com casaca;
  • 100 ml de água;

Modo de Preparo:

Bater todos os ingredientes no liquidificador. Coe e sirva gelado.

Suco Detox de Melancia com Linhaça

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de linhaça triturada;
  • 1colher de chá de gengibre ralado;
  • 3 fatias de melancia sem caroço;

Modo de Preparo:

Bater todos os ingredientes no liquidificador e sirva gelado. Se o suco ficar com uma consistência bem grossa, basta adicionar um pouco de água, mas deixe para fazer isso depois do suco pronto para não errar.

Suco detox de Abacaxi com Hortelã

Ingredientes:

  • 1 fatia de abacaxi;
  • 1 colher de chá de raspas de limão;
  • 1 copo de água de coco;
  • 1 colher de sopa de hortelã;
  • Cubos de gelo;

Modo de Preparo:

Bater todos os ingredientes no liquidificador menos as raspas de limão e sirva no copo com as raspas de limão salpicadas.

Você vai achar na internet várias receitas como essas acima, mas se quiser saber mais, tem aqui também, as receitas que estou usando em casa.

Compartilha:

Remédio para Secar Leite Materno

Compartilha:

Apesar da amamentação ser recomendada pelo menos até os 6 meses de idade e adotada como fonte de alimento até os 2 anos de idade, muitas vezes as mães precisam secar o leite materno para voltar à trabalhar ou muitas vezes, o leite do peito já não é necessário.

Por isso, muitas mais acabam recorrendo aos remédios, que devem ser obtidos com receita médica e orientação correta.

Na internet, é comum você ler em sites de mães e blogs sobre o uso do Dostinex.

Este remédio para secar o leite é um hormônio e basta ler a bula para entender como ele funciona.

Dostinex – remédio para secar leite materno

Dostinex® (cabergolina) é indicado para:

(1) tratamento de aumento de prolactina (hormônio responsável pela produção de leite), bem como de disfunções associadas à hiperprolactinemia, como amenorreia (ausência de menstruação), oligomenorreia (redução do fluxo ou da frequência da menstruação), anovulação (ausência de ovulação) e galactorreia (produção de leite fora do período de gestação e lactação);

(2) inibição da lactação fisiológica (interrupção da produção de leite em mães que não amamentaram), imediatamente após o parto;

(3) supressão da lactação (interrupção da produção de leite em mães que já iniciaram a amamentação) já estabelecida.

Dostinex® é indicado à pacientes com adenomas hipofisários (tumores benignos da hipófise) secretores de prolactina (micro e macroprolactinomas), hiperprolactinemia idiopática (aumento dos níveis no sangue de prolactina sem motivo aparente) ou síndrome da sela vazia (doença caracterizada pela ausência da hipófise, glândula produtora de prolactina) com hiperprolactinemia associada.

Remédios que funcionam para secar o leite

Outro tipo de medicamente para secar o leite são os anticoncepcionais, pois também agem sobre os hormônios que controlam o ciclo menstrual e fazem com que a produção de leite diminua, assim como o dostinex.

Algumas mães também relatam que o uso do ibuprufeno ajuda a secar o leite materno, mas ainda não existe nenhum trabalho científico que comprove que ele sirva para isso também.

Quantos dias os remédios demoram para secar o leite

Procurando sabem na internet, o Dostinex demora de 2 a 10 dias para secar o leite. E muitas vezes é necessário ordenhar com a bombinha de leite ou manualmente para tirar o leite para não deixar a mama dolorida ou com pedras.

Avisos importantes sobre remédios

Apesar de sempre ter fácil acesso à informação pela internet, não faça de maneira alguma o uso de remédios, seja para secar seu leite, ou para qualquer outra coisa, sem falar com seu médico ou pediatra durante a amamentação.

É muito comum a intoxicação de crianças através do leite materno e o motivo disso é claro, o leite materno passa todos esses medicamentos para o bebê, portanto todo cuidado é pouco.

Conhece outra dica ou remédio para secar o leite?

E aí? Gostou dessa dica ou tem outra para compartilhar? Basta dizer qual remédio você já usou e quantos dias demorou para secar o seu leite.

Compartilha:

Cânfora faz mal na gravidez

Compartilha:

A cânfora muitas vezes está presente em hidratantes e também em produtos para a respiração, como aqueles pequenos inaladores para desentupir o nariz.

Apesar de ser muito eficiente no tratamento da pele, a cânfora pode ser tóxica se absorvida pelo feto.

Os principais problemas relacionados com a cânfora são irritações da pele, dor no peito e problemas respiratórios.

Em casos piores, se você aplicar o produto com cânfora em regiões de pele com a pele quebrada, a cânfora será muito mais absorvida e seus efeitos tóxicos podem causar muitos problemas.

Se a exposição à cânfora for grande, ela pode atacar o fígado, passar pela placenta e colocar seu bebê em risco.

Efeitos colaterais durante a gravidez

De acordo com WebMD, ” O segurança da aplicação de cânfora para a pele durante a gravidez ou a amamentação é desconhecido. ” No entanto, o consumo oral de cânfora é definitivamente perigoso para a mãe e para o bebê durante a gravidez e durante a amamentação . Portanto WebMD recomenda que os produtos contendo cânfora , de qualquer forma devem ser evitados neste período.

Além da cânfora, a uréia também presente em diversos hidratantes para a pele, comumente para evitar estrias na gestação, deve ser evitada.

Compartilha:

Ibuprofeno na Gravidez e Amanentação

Compartilha:

O ibuprofeno é um remédio bem comum, usado para dor de cabeça, dor muscular e febre.

É vendido em farmácias sem receita médica e NÃO é um remédio 100% seguro para grávidas e mães em fase de amamentação.

Que Remédios a Grávida pode Tomar Durante a Gravidez?

IBUPROFENO NA GRAVIDEZ

Posso tomar ibuprofeno durante a gravidez?

O Ibuprofeno deve ser evitado em casos de gravidez ou para mães em períodos de amamentação/lactação já que seus efeitos cardiovasculares no feto ainda são incertos.

Mulheres nesta condição só poderão tomar o medicamento sob orientação médica e pelo menor período possível.

O ibuprofeno seca o leite materno? Ibuprofeno faz mal na amamentação?

Não existe nenhuma comprovação científica que prove que o ibuprofeno seja eficaz para secar o leite materno, então não caia nessas lendas da internet.

Durante a amamentação, o leite materno pode conter traços de ibuprofeno, mas não existem comprovações científicas que provem que ele faça mal. Mas só tome este remédio com orientação médica.

Tomei ibuprofeno e não sabia que estava grávida

É muito comum acontecer diversas coisas como tomar remédios, bebidas alcóolicas ou antibióticos sem saber da gestação.

Felizmente somente remédios mais fortes são capazes de causar algum grande dano na gestação.

Esses medicamentos são de difícil acesso, então faça seu pré-natal e faça essa observação ao seu médico.

Informações sobre gravidez na bula do ibuprofeno

Leia abaixo a informação da bula do ibuprofeno sobre a gestação e amamentação.

Uso de Ibuprofeno na gravidez e amamentação

Uso na gravidez: o uso de ibuprofeno durante a gravidez deve ser, se possível, evitado. Considerando os efeitos conhecidos de antiinflamatórios não-esteroidais no sistema cardiovascular fetal, o uso de ibuprofeno no fi nal da gravidez deve ser evitado. A administração de ibuprofeno não é recomendada durante o parto ou trabalho de parto, pois o início do parto pode ser atrasado, sua duração prolongada e há aumento na tendência de sangramento da mãe e do bebê. Ibuprofeno não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Uso na lactação: nos limitados estudos disponíveis, ibuprofeno aparece no leite materno em baixas concentrações. Não é recomendado para mulheres que estejam amamentando.

Conclusão

Como você pode perceber, existem mais dúvidas do que afirmações sobre o uso do ibuprofeno durante a gestação e também sobre o seu uso se você está dando leite para o seu bebê.

Assim como qualquer medicamento, tire suas dúvidas somente com um médico.

Compartilha: