Seu Bebê está com Soluço? Veja algumas causas e o que você pode fazer.

O bebê está lá, acordado ou acabou de mamar, está quase dormindo e do nada começar os soluços. Antes de se desesperar e achar que tem alguma coisa grave acontecendo, aprenda mais sobre o que faz um bebê soluçar.

Mesmos os adultos apresentam soluços, que é um reflexo normal do nosso diafragma à alguma irritação ou reflexo. Com o bebê recém-nascido também não é diferente, e os pediatras afirmam que é normal, principalmente no primeiro mês de vida, ataques de soluço quase diários.
Continue lendo

O que é Normal e o que não é na Gravidez

Pode? É normal? É verdade?

A gravidez traz diversas sensações (e acredite, será assim as 40 semanas), cada fase tem suas emoções, sentimentos até contraditórios, hormônios enlouquecidos (que ficam alterados nesse período), e ainda surgem dúvidas pontuais, algumas delas vêm do tempo de nossas avós, como por exemplo, verdade que cerveja preta aumenta o leite? Conheça as principais respostas aos dilemas mais comuns.

Continue lendo

bebe-pet

Cuidados Básicos para ter Bebê e Animal de Estimação em Casa

Com a chegada de um bebê, muitas famílias se livram de seus animais de estimação, com o receio do animal prejudicar a saúde do bebê, no entanto, se conhece o animal de estimação e tem o conhecimento de seu comportamento, não há muito com que se preocupar.

O animal de estimação não deve ter contato com animais desconhecidos, o que impede que doenças sejam transmitidas para o seu pet, que tem convívio direto com sua família, sendo assim, as chances de adquirir zoonoses mais graves são menores.

Doenças transmitidas por animais para bebês

As zoonoses podem ser transmitidas por bactérias na saliva do animal ou ainda pelas unhas se sofrer um arranhão, porém, manter o bebê e o pet juntos no mesmo local, somente se for sob sua supervisão, ou seja, onde estiver mantenha o bebê próximo aos olhos e o animal solto no quintal ou em outro ambiente e permita que algumas horas por dia o mascote da casa se habitue com a presença do bebê, mantendo certa distância entre os dois.

bebe-pet

Alguns Cuidados com o Pet e e Bebê

É possível que o bebê desenvolva algum tipo de alergia ao pêlo do animal, e o ideal é se dirigir ao pediatra e em seguida ao veterinário, buscando uma solução harmônica para contornar a situação, garantindo que ambos possam viver juntos na mesma casa.

Se o animal possui comportamento agressivo ou ainda apresenta mudanças repentinas de humor e comportamento, o ideal é manter o mesmo dentro de uma casinha ou ainda amarrado enquanto estiver com o bebê, deixando o pet livre somente quando a criança estiver em segurança no seu berço.

Tanto o pediatra quanto o veterinário terão boas sugestões de adequar o convívio destes dois pequenos seres, principalmente porque ambos profissionais conhecem profundamente seus pacientes, podendo sugerir boas soluções de convívio.

Precauções para quem tem bebês e animais em casa

Manter a casa limpa, livre de pêlos e principalmente dos dejetos do animal, como ocorre na caixa de areia do gato ou nos diversos locais que um cão pode fazer suas necessidades, garante que a criança não tenha contato direto com estas bactérias que podem causar toxoplasmose, e garantir que a criança esteja sempre higienizada e que não leve a mão suja na boca.

Posição para amamentação: Deitada

Muitas mulheres, principalmente as mamães de primeira viagem, têm muitas dúvidas a respeito da posição mais correta durante a amamentação, se algumas posições são melhores ou piores, enfim.

Para esclarecer todas essas dúvidas vamos falar hoje sobre as posições de amamentação.

Posso amamentar deitada?

Muitas pessoas acreditam que o fato de amamentar deitada causa infecções de ouvido e até mesmo o engasgamento do bebê. No entanto, quando falamos de leite materno essa é uma preocupação desnecessária, pois amamentar deitada além de ser uma posição de descanso ainda aproxima mais a mãe do bebê.

Por isso a resposta é SIM! As mamães podem sim amamentar deitada, pois isso não traz nenhum risco para o bebê, desde que seja com leite materno.

Veja nosso Guia da Amamentação

Quais são as melhores posições para amamentação?

Há várias posições para a amamentação, dentre elas se destacam as 3 mais comuns:

Sentada – esta é a posição mais tradicional. Nela a mãe fica sentada e o bebê de frente para ela, com o toque de barriga com barriga.

Sentada Inversa – esta posição é indicada para os bebês que têm dificuldade na pega, o que causa dor ao amamentar. Nela a mãe coloca o bebê debaixo do braço, com a sua barriguinha encostada nas costelas dela. Assim, o bebê tem uma maior facilidade em pegar boa parte da auréola, diminuindo consequentemente as dores.

Deitada – como vimos pode sim amamentar deitada! Essa posição é indicada principalmente para as mulheres que sofreram uma cesariana e por isso não devem apoiar o corpo do bebê na barriga.

Devo preparar o seio para a amamentação?

Algumas mulheres acreditam que antes da amamentação devem desinfetar ou limpar os seios. No entanto, de uma maneira geral, esse procedimento não é necessário porque não traz nenhum risco para o bebê nem para a mãe.