Alimentos que Aumentam a Fertilidade

Você já está comendo frutas e vegetais orgânicos, ficando longe de alimentos processados ​​e certificando-se de começar o dia com muitos grãos integrais. Já colocou proteínas magras e laticínios em sua dieta e já começou a tomar suplementos para garantir o suprimento de ácido fólico e outros nutrientes na sua dieta, já está usando a tabela de fertilidade, mas ainda não está grávida e gostaria de saber se existe alimentos que podem aumentar a sua fertilidade? Confira aqui e se prepare para uma gravidez saudável.

fertilidade

Alimentos para cada Ciclo

Nos diferentes fases do ciclo de fertilidade da mulher, ela vai precisar de alimentos diferentes para conseguir produzir os hormônios necessários em cada fase. Assim, se uma mulher quer maximizar suas chances de engravidar, é possível comer alimentos que são vantajosas para cada fase. Confira.

Menstruação

1-o-milagre-da-gravidez-300x250Quando o seu período começa a fluir, você pode sentir cólicas, inchaço, fadiga e sentir-se bem mal-humorada. Além disso, nessa fase você também pode esgotar seus estoques de ferro. De fato, a média das mulheres perde de 30 a 40 ml de sangue ao longo de três a sete dias. Por isso, durante a menstruação é um bom momento para lembrar de se concentrar em alimentos ricos em ferro.

Invista em:

Carne, feijão, peixe, vegetais de folhas verdes e sementes. A maioria destes alimentos são ricos em ferro, proteínas ou ambos, o que é especialmente importante se você tem endometriose e sangra muito. E alguns (como os peixes, sementes e folhas verdes) têm propriedades anti-inflamatórias, que podem ajudar a melhorar dores, incentivando a circulação sanguínea saudável.

Outra dica: comer em abundância de pimentão, tomate, brócolis, kiwi, frutas cítricas e outras fontes de alimentos que são ricos em vitamina C também é importante. A vitamina C ajuda o corpo a absorver o ferro a partir de grãos, cereais integrais e cereais enriquecidos.

Afaste-se de alimentos frios e álcool, cafeína e alimentos picantes, que podem piorar os sangramentos.

Fase Folicular

Durante a fase folicular, o seu corpo está trabalhando duro para desenvolver um folículo dominante e os níveis de estrogênio estão em ascensão.

Infelizmente, as mulheres que estão lutando com miomas e endometriose, muitas vezes têm excesso de estrogênio (uma condição chamada de predominância estrogênica). Vegetais crucíferos, como brócolis, couve, repolho e couve-flor contêm um fitonutriente chamado di-indolilmetano (DIM), que pode ajudar as mulheres a metabolizar o estrogênio melhor. Na verdade, o DIM se liga a estrogênios ambientais como pesticidas e hormônios na carne e produtos lácteos, ajudando a livrar o corpo do excesso de estrogênio.

Só não se esqueça de ter algumas azeite, abacate, nozes e sementes com essas folhas verdes. Estes alimentos estão carregadas com vitamina E, que é encontrada no fluido do folículo que está abrigando o óvulo.

Para melhorar o desenvolvimento folicular, acrescente nozes, sementes, verduras, legumes, ovos e peixes.

Nessa fase, evite álcool pois ele altera o equilíbrio hormonal. Ele também causa desidratação e a perda de água no organismo pode tornar o muco cervical muito espesso.

Ovulação

Durante a ovulação, o corpo precisa de muita vitamina B e outros nutrientes para apoiar a liberação do óvulo e promover a implantação. O zinco pode ajudar com a divisão celular e produção de progesterona.

Os ácidos graxos essenciais (EFAs) também são cruciais durante esta fase. A melhor fonte: ômega-3 do peixe. Esses ácidos graxos essenciais são mais conhecidos por promover o fluxo de sangue para o útero e apoiar a abertura do folículo para liberar o ovo, mas adivinhem? Eles também podem abrir os vasos sanguíneos minúsculos em suas regiões inferiores, o que pode garantir que você está preparada e pronta para a ação. 😉

Invista em: folhas verdes, cereais integrais, ovos, legumes, carne, peixe (ou suplementos de óleo de peixe) e muita água. A água desempenha um papel chave no transporte de hormônios e folículos em desenvolvimento. Também ajuda a afinar o muco cervical, o que pode tornar um pouco mais fácil para os espermatozóides chegarem ao seu objetivo.

Evite alimentos que possam tornar o muco cervical hostil: Alimentos ácidos, como café, álcool, carnes e alimentos processados.

Fase lútea

Agora é a hora de carregar em nutrientes que estimulem o crescimento celular. Beta-caroteno, que é comumente encontrada em folhas verdes, bem como alimentos amarelos e laranjas (por exemplo, cenoura, melão e batata-doce), ajuda a manter seus hormônios controlados e impedem o aborto precoce.

Um alimento que recebe muita atenção durante esta fase é de abacaxi. Além de beta-caroteno, abacaxi contém uma substância chamada bromelina, que tem sido mostrado para apoiar o implante suavemente através das suas propriedades anti-inflamatórias.

Nessa fase, aqueça-se. Sopas e ensopados são muito bem vindos, pois nessa fase as temperaturas mais altas podem ajudar a manter uma gravidez.

Nessa fase evite alimentos frios ou crus, especialmente sorvete.

Conclusão

Comer bem é fundamental em todas as fases da vida, mas é mais importante ainda para uma gestante. Outra dica básica é sempre evitar frituras, alimentos gordurosos e industrializados. Mantendo uma alimentação diversificada e balanceada, você aumenta sua fertilidade e ainda garante uma gestação tranquila, livre de problemas comuns como a diabetes gestacional, ganho de peso excessivo e ainda problemas de pressão sanguínea. Se tiver dificuldade de montar um cardápio ideal antes de engravidar, vale à pena recorrer à livros e também à profissionais, como nutricionistas, que podem te ajudar a ficar em forma e comer bem para uma gravidez perfeita.

2-o-milagre-da-gravidez-600x315

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *