Arquivo da categoria: Para você Mamãe

pra ficar por dentro de tudo

Legislação: Você sabe o que é a Licença Amamentação?

Compartilha:

Com a evolução dos tempos a imagem da mulher em casa cuidando dos afazeres domésticos mudou completamente e cada vez mais assume papéis diferentes na relação familiar. Hoje em dia a maioria das mulheres é independente e tem os seus próprios trabalhos, dentro e fora de casa.

Mas, apesar de tantas mudanças elas não abrem mão de ter filhos e, como tal, precisam de algumas condições especiais principalmente após o parto. Eis que chegamos até a Licença Amamentação.

licenca-amamentacao

O que é a licença amamentação?

A licença amamentação é uma prorrogação da licença maternidade cedida às mulheres que necessitem fazer a amamentação dos seus filhos até ao 6º mês de idade. Essa licença é cedida à mulher da seguinte forma: durante a jornada de trabalho a mulher tem direito a dois descansos para a amamentação, durando meia hora, cada um. Não sendo possível “juntar” todos esses intervalos e transformar em 15 dias sem as obrigações do trabalho.

Licença de 180 dias

A licença maternidade de 180 dias é uma lei que já está em vigor desde 2008 e é, nada mais nada menos que, uma extensão da tradicional licença maternidade – que prevê o afastamento da mulher do trabalho por 120 dias.

Esta licença serve justamente para as mamães seguirem o tempo de amamentação recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), sem perder o emprego nem os benefícios do mesmo.

A diferença da licença amamentação para a licença de 180 dias é que a primeira é facultativa, dependendo de cada caso, enquanto que a segunda é obrigatória, desde que a gestante solicite-a. Além disso, a licença amamentação oferece a mulher apenas dois descansos de meia hora durante a jornada de trabalho, e a licença amamentação de 180 dias garante o afastamento das total das atividades empregatícias.

Esse tempo também é essencial para a mulher cuidar da alimentação, visto que deve se ter uma atenção especial à dieta durante o aleitamento materno, além, claro, dos cuidados básicos para evitar as habituais dores durante a amamentação.

Compartilha:

Legislação: Você sabe como funciona a licença maternidade?

Compartilha:

Este é um assunto que ainda gera muitas dúvidas em algumas mulheres. Muitas delas até adiam o sonho de engravidar por medo de perder o emprego.

Se você está nessa situação ou conhece alguém que esteja, fique por aí que hoje vamos tirar todas as suas dúvidas sobre licença maternidade!

licenca-maternidade

O que é a Licença Maternidade?

A licença maternidade nada mais é que o direito, previsto por lei, que garante, a todas as mulheres gestantes, o afastamento das obrigações trabalhistas através uma licença remunerada de 120 dias.

Quem pode requerer?

Toda mulher no período de gestação ou pós-parto, seja ela contribuinte individual ou facultativa da previdência social, pode requerer a licença maternidade prevista por lei. Além disso, ela podem também solicitar o salário amamentação, que garante a remuneração integral para a mesma.

Como funciona?

A mulher é quem decide quando dar entrada na licença maternidade, que pode ser concedida a partir do 8º mês de gestação, ou até mesmo antes caso haja problemas de saúde com a mãe ou com o bebê.

A partir dessa decisão a mulher deve apresentar um atestado médico ou então a certidão de nascimento do bebê, para comprovar o afastamento do emprego. E, em seguida, solicitar o salário maternidade na previdência social, pela internet ou na agência mais próxima.

O que é o salário maternidade?

O salário maternidade é o benefício concedido às mulheres que, devido a gestação e ao parto, necessitam se afastar do emprego.

Esse salário é pago durante toda a licença maternidade e tem o mesmo valor que a remuneração integral da empregada.

Além desses benefícios a lei também prevê o afastamento da mulher para a amamentação, a chamada licença amamentação. Ela garante para as recentes mamães a licença de 180 dias, ou seja, mais 60 dias para ficar perto do bebê. Essa licença é facultativa, dependendo de cada caso, e pode ou não ser da política da empresa conceder essa licença ou não.

Compartilha:

Grávida pode Dirigir?

Compartilha:

No mundo de hoje em dia as mulheres são completamente autônomas e não necessitam mais de um homem para deixá-las no trabalho, por exemplo.

O número de mulheres com carteira de motorista cresceu significativamente durante os últimos anos, o que vêm a afirmar ainda mais a independência da mulher. Porém quando Elas decidem engravidar surge uma grande dúvida – Grávida pode dirigir?

Vamos então esclarecer essa dúvida de uma vez por todas…

Apesar da mulher sofrer enjôos, diminuição dos reflexos (devido ao cansaço) e desconforto (devido ao tamanho da barriga) e casos de mudanças na visão, não há nenhuma contraindicação, nem nenhuma lei que proíba a grávida de dirigir.

Por isso a resposta é SIM! As gestantes podem sim dirigir! No entanto devem ser tomados alguns cuidados como, por exemplo:

A gestante deve dirigir apenas até ao 8º mês. Isso porque após esse período e devido ao tamanho da barriga, o risco de ocorrer um problema grave, em caso de acidente, é muito grande.

Afaste a barriga do volante, o ideal é que ele esteja alinhado com o peito. Isso irá evitar possíveis hemorragias e rupturas do útero em caso de uma freada brusca.

Nunca, em hipótese alguma, esqueça-se de colocar o cinto de segurança!

Se a gestante sentir dores ou ficar um pouco confusa enquanto estiver na direção, o ideal é parar o carro no local mais seguro e ligar para algum amigo e/ou familiar.

Caso seja preciso fazer viagens longas, opte por pegar carona ou então chamar um táxi. O excesso de tempo parada na mesma posição, além do desconforto, pode causar também dores graves, inchaço nas pernas e até mesmo prejudicar a saúde física e mental da gestante.

Um grande problema que surge durante a gravidez é o inchaço nos pés. Por isso, caso seja grande o inchaço, impossibilitando a gestante de pisar corretamente nos pedais, o ideal é evitar a direção.

cinto de segurança

A orientação básica para o cinto de segurança é que ele fique por baixo da barriga, assim ele mantém a sua eficiência e também nõa faz mal para o seu bebê em caso de um acidente ou freada mais forte.

 

Compartilha:

Tire suas Dúvidas sobre Gravidez. 14 Textos que você precisa ler.

Compartilha:

Depois de engravidar aparecem tantas dúvidas que boa parte delas você até se esquece de perguntar na consulta médica ou então está tão ansiosa para saber que não quer esperar nem mais um dia da gravidez para saber o que está acontecendo com o seu corpo e também com o seu bebê.

Então para as mamães ansiosas e curiosas, fizemos uma forma rápida e eficiente de você tirar suas dúvidas sobre gravidez. Os artigos foram publicados e escritos por nossos especialistas.

Veja as principais dúvidas sobre Gravidez clicando nos links abaixo:

Acompanhamento da Gravidez Semana à Semana – Aprenda mais sobre o ciclo gestacional

Alongamentos na Gravidez – Todos os movimentos que você precisa aprender

Book de Fotos para Gravidez – Ter essas recordações serão incríveis

Caimbrãs, como amenizá-las – Aqui é o momento de parar e refer seus hábitos

Calculadora de Gravidez – aprenda usar para engravidar – Veja essa e outras calculadoras

Ciclo da Gravidez – Entenda como é o ciclo da gestação de forma detalhada

Cremes Hidratantes para Estrias – para ficar com a pele ótima!

Dengue na Gravidez – perigo constante, é melhor prevenir

Efeitos do Cigarro na Gravidez – faz mal para você e também para o bebê

Exame de Gravidez de Farmácia é confiável? – 99% das vezes ele está certo, para felicidade de umas e desespero de outras

Gravidez Psicológica, o que é? – saber que ela existe é o primeiro passo

Hemorróidas na Gravidez, como tratar – coisinha chata, mas dá pra acalmá-las

Refrigerantes na Gravidez – Você toma muito?

Toxoplasmose na Gravidez – toxo o que?!

Como ficar em forma depois da Gravidez – hora de ficar em forma e de maneira saudável

Gravidez aos 40 – conheça mais sobre as chances e os riscos da idade

Esses são apenas alguns artigos sobre gravidez que já publicamos em nosso site. E lembre-se, toda orientação para o uso de remédios, deve ser feita pelo seu médico, pois você estará colocando a sua vida e a do seu bebê quando toma remédios sem orientação médica. Não use a internet como fonte de busca para saber o que remédio tomar durante a gravidez ou não.

Se quiser perguntar mais alguma coisa que não encontrou aqui, faça uma busca em nosso site ou nos mande a pergunta pelos comentários. Será um prazer ajudá-la.

Compartilha: