Gravidez de Risco – Tudo que você precisa saber

É considerada uma gravidez de risco toda gravidez que pode acarretar em perigo de vida para mãe ou para o bebê. Esse tipo de gravidez ocorre pouquíssimas vezes, variando a uma taxa de 0.10 a 0.30 na população, mais frequente antes dos 18 anos e após os 35. Mulheres que possuem doenças crônicas também são candidatas fortes a uma gravidez de risco.

Em uma gravidez normal o pré natal é necessário. Mas os exames pré natal se tornam ainda mais importante e até mesmo essencial quando a gravidez é de risco. Por isso, assim que descobrir que está grávida, já marque a primeira visita com o seu obstetra.

Causas da Gravidez de Risco

A gravidez de risco pode ocorrer em qualquer fase da vida fértil da mulher, mas em algumas fases existem motivos bem definidos para essa condição:

Gravidez antes dos 18 anos

A gravidez que ocorre aos 18 anos ou menos podem representar um perigo para a mamãe e o bebê. Normalmente o corpo da mãe ainda não está maduro o suficiente para o bebê.

Como sabemos, durante a gravidez o corpo da mãe passa por uma série de transformações: a barriga cresce, a placenta passa nutrientes para o bebê durante o seu desenvolvimento, os hormônios ficam uma loucura. Quando o corpo da mamãe ainda não está maduro o suficiente, essas transformações podem ser penosas.

Nessa idade também é comum que a alimentação não seja a mais completa, o que pode levar a complicações durante o desenvolvimento do bebê. Alguns exemplos: anemia, falta de cálcio, falta de ácido fólico, etc.

Gravidez após os 35 anos

Não é incomum as mulheres considerarem uma gravidez após os 35 anos – crescer na profissão, comprar uma casa, ter uma vida financeira estável estão entre os principais motivos de um adiamento de uma gravidez.

Entretanto, após os 35 anos a fertilidade não é mais a mesma e os anos podem ter bagagens a acrescentar: hipertensão, diabetes, anemia entre outras doenças. Por isso, se você tem vontade de engravidar depois de se estabelecer, é interessante ter um cuidado redobrado com a saúde e alimentação enquanto a sua hora não chega. Afinal de contas, a gravidez será mais simples se você estiver com a saúde em dia.

Também não é incomum a necessidade de realizar tratamentos para fertilização quando a gravidez é pretendida em uma idade mais avançada.

Doenças Crônicas

Segue abaixo a relação de algumas doenças crônicas que podem levar a uma gravidez de risco:

Talassemia (anemia mediterrânea): Essa doença é genética e mulheres com essa condição precisam de suplementos durante a gravidez.

Asma: A asma é uma doença que pode diminuir a capacidade respiratória, causando falta de ar. Durante a gravidez a mulher precisa de mais oxigênio e essa condição pode piorar. Aliás, quando a mulher sofre de asma crônica, essa condição pode levar ao parto prematuro ou a restrição de crescimento da criança.

Problemas de coração: Durante a gravidez o ritmo de batimentos cardíacos chega a aumentar até 20% – esse aumento é necessário pelo aumento de sangue circulando no corpo da mãe e do bebê. Se a mãe já possui alguma doença cardíaca ou qualquer problema ainda não descoberto, a gravidez pode intensificá-lo.

Problemas de tiróide: Os hormônios produzidos pela tireóide controlam diretamente o metabolismo. Quando essa glândula não funciona devidamente, podem ocorrer duas condições: o hipotireoidismo e o hipertireoidismo. Entretanto, os remédios que controlam essas doenças podem passar através da placenta para o bebê, podendo causar problemas na glândula do bebê. Portanto, durante a gravidez, a dosagem dos medicamentos deve ser prescrita pelo obstetra.

Aprenda fazer sapatinhos de bebê para economizar e até para vender para outras mamães.

AIDS: Quando a mãe possui essa doença, o bebê pode a contrair durante o parto, mas não durante a gestação. Por esse motivo, a mãe deve tomar remédios antes do parto (para reduzir a possibilidade de infecção da criança). Também são necessários cuidados especiais durante a amamentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *