O que é Gravidez Ectópica? Aprenda tudo aqui!

A gravidez ectópica (também chamada de gravidez tubária) acontece quando o óvulo fecundado, ao invés de se fixar no útero, acaba se fixando antes, geralmente nas trompas de falópio. Mas a gravidez ectópica pode ocorrer em outras regiões, no ovário, colo do útero e até mesmo próximo ao estômago. Confira o nosso artigo e tire suas dúvidas sobre a gestação ectópica.

gravidez-ectopica

O que Causa a Gravidez Ectópica?

A gestação ectópica é causada por barreiras que atrapalham o óvulo fecundado a chegar no útero – desde cicatrizes nas trompas, como infecções e até mesmo pequenas inflamacões na região. Normalmente as cicatrizes podem ser causadas por cigarro, alcoolismo e até mesmo por cirurgias anteriores. Por esse motivo, é sempre interessante contar com o acompanhamento médico nesses momentos.

Mulheres que fazem a cirurgia de esterilização tubária (ligadura ou laqueadura) são bastante propensas a apresentar uma gravidez tubária, mais frequente após os dois primeiros anos depois da cirurgia.

O uso de DIU também pode ser uma das causas, pois quando mal posicionado ele possibilita a passagem do óvulo fertilizado. Tratamentos para infertilidade também podem ser um fator de predisposição a gravidez ectópica, bem como doenças sexualmente transmissíveis.

Mulheres que apresentam endometriose também tem uma probabilidade maior de apresentar uma gravidez ectópica. A endometriose tubária aumenta o risco de aderência nas trompas, facilitando a aderência do óvulo nas mesmas.

Mulheres que já foram submetidas a cirurgias abdominais também podem apresentar maior probabilidade – remoção do apêndice, operações nas trompas incluindo o religamento.

Sintomas da Gravidez Ectópica

Além dos sintomas de uma gravidez normal, como seios sensíveis e náuseas; as mulheres com gravidez ectópica podem apresentar sangramento vaginal anormal, cólicas (normalmente em apenas um dos lados da pélvis), dores no abdômem e na pelve.

Caso você apresente qualquer um dos sintomas acima, procure o seu médico imediatamente. A gravidez ectópica é muito perigosa para a mãe e não pode ser levada até o final.

Tratamento da Gravidez Ectópica

No caso de rompimento da trompa (ou dos tecidos onde o óvulo se implantou) você precisará de uma intervenção cirúrgica para reparação dos tecidos e remoção do óvulo.

Em alguns casos, quando a gravidez é bem recente, pode ser usado o metotrexato para pausar a gravidez. Nesses casos, os tecidos do embrião são reabsorvidos pelo corpo da mulher.

Aprenda fazer sapatinhos de bebê para economizar e até para vender para outras mamães.

Mas calma, cerca de 25% das mulheres que apresentam gravidez ectópica precisam de cirurgia. Na grande maioria das vezes a gravidez não evolui e ocorre um aborto espontâneo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *